O SUPERPODER DE FRANCISCO DE ASSIS

 

 

No último sábado dia 29 de julho, os jovens crismandos da Rede de Comunidades São José em Gravataí RS, participaram de um encontro com o objetivo de conhecer um pouco mais sobre Francisco de Assis. Todas as atividades foram focadas desde a ideia de Superpoder.  Cada adolescente foi desafiado a descobrir qual seria o seu.

 

Segundo a Wikipédia o “Superpoder é um termo para indicar habilidade sobre-humana, isto é, uma habilidade que um humano não pode ter”. Mas, do ponto de vista psicológico e pedagógico, o termo indica aquela qualidade que temos que nos destaca. Aquilo que fazemos de melhor e que se sobressai em nossa existência.

 

Nossas qualidades somente serão superpoderes quando descobrimos aquilo que temos de melhor e colocamos a serviço da comunidade, ajudando a construir a Civilização do amor.

 

A vida de Francisco de Assis foi marcada por várias singularidades. Escolher um superpoder foi bem difícil. O grupo de Adolescentes, após um dia de reflexão, encontrou um elemento que define bem a melhor habilidade do homem que se tornou santo.

 

“Ser irmão de todo homem, de toda criatura” é o grande Superpoder de São Francisco. O seu desejo de fraternidade, o torna diferente. Muitas passagens de sua vida confirmam isto: O beijo no Leproso, o Encontro com o Sultão, o perdão aos ladrões que lhe feriram, etc…

Todo super-herói tem um segredo que alimenta sua força e seus poderes. Com Francisco não foi diferente. É no Evangelho que ele encontra as forças necessárias para viver desse jeito único.  Fica para nós também o desafio de pautar a nossa vida neste caminho.

 

Em mundo que clama por super-heróis, levemos junto com os jovens a Força do Evangelho.

 

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>